A solidão ‘maligna’ afeta 10% dos maiores de 65

O isolamento pode afectal o funcionamento do cérebro de forma semelhante a como o faz o estresse crônico.

A solidão ‘maligna’, que sofre de 10% dos maiores de 65 anos, afeta gravemente a sua saúde física ou psíquica, e, 70% dessas pessoas apresenta, além disso, um problema mental associado à solidão, já que o isolamento pode interferir no funcionamento do cérebro de forma semelhante a como o estresse crônico, provocando respostas anormais do sistema endócrino e imunológico, que contribuem para o desenvolvimento de doenças como a hipertensão arterial, a diabetes, a ansiedade, a depressão, ou infecções de repetição.

É muito mais complicado melhorar as relações sociais de uma pessoa maior quando o seu estilo de socialização tem sido pobre e desorganizado, que quando ficou sozinha por circunstâncias da vida

Os especialistas reunidos na XX edição do Jornadas de Atualização em Psicogeriatría explicaram que com o envelhecimento, diminui a resiliência fisiológica ou capacidade do organismo para suportar e se adaptar a situações adversas.

O estilo de socialização de uma pessoa ao longo de sua vida é um fator muito importante na hora de prevenir ou reduzir a solidão na terceira idade, já que se o indivíduo tem estabelecido vínculos sociais de forma adequada, estes lhe darão segurança, enquanto que se você não tem mantido uma relação de confiança com os outros, suas relações sociais baseiam-se na dependência ou controle.

E é muito mais complicado melhorar as relações sociais de uma pessoa maior quando o seu estilo de socialização tem sido pobre e desorganizado, que quando ficou sozinha por circunstâncias da vida. Como explicou o Dr. Manuel Martín Carrasco, diretor do Instituto de Pesquisas Psiquiátricas de Irmãs Hospitaleiras, se o maior apresenta uma trajetória de solidão prolongada ou problemas para se relacionar, pode ser necessária uma intervenção psicológica, e até mesmo psiquiátrica. No entanto, acrescenta o especialista, se a sua socialização sempre foi adequada, o problema pode ser resolvido com medidas destinadas a melhorar a sua rede social atual.

Category: Sem categoria