Os especialistas aconselham a vacina contra a difteria

Os especialistas do Comitê Assessor de Vacinas da sociedade Portuguesa de Pediatria (CAV-AEP) recomendam a vacinação sistemática contra a difteria e a manutenção da cobertura profilática, que conseguiu que em Portugal não se ter registado nenhum caso de contágio há quase 30 anos, mas, infelizmente, um menino de seis anos que não havia sido vacinado por decisão de seus pais está agora internado no Hospital Vall d’Hebron de Barcelona devido a esta doença infecciosa.

A difteria é transmitida entre as pessoas, por via respiratória, e seus principais sintomas são febre, uma forte dor de garganta, e uma grave obstrução da via aérea superior que causa dificuldades para respirar e pode até mesmo causar asfixia e morte do doente. Além disso, a toxina que livra o organismo responsável pela difteria pode danificar o coração, o sistema nervoso central e outros órgãos.

A difteria é transmitida entre as pessoas, por via respiratória, e seus principais sintomas são febre, uma forte dor de garganta, e uma grave obstrução da via aérea superior que causa dificuldades para respirar

A vacina trivalente (tétano, tosferina e difteria), que está coberta pelo Sistema Nacional de Saúde, tem demonstrado a sua eficácia e segurança, e administrado em sucessivas doses a partir dos dois meses de idade. Na maioria das comunidades autónomas se recolhe no calendário de vacinação infantil aos 2, 4, 6 e 18 meses, e os dias 6 e 14 anos.

Os especialistas da CAV-AEP insistiram em um comunicado os benefícios que supõe a administração desta vacina em concreto, tanto para a criança vacinado como para a sociedade em geral, já que contribui para a prevenção da difteria, uma doença praticamente eliminada em países desenvolvidos. Desde o organismo também querem tranquilizar a população e garantem que já foram colocadas em prática as medidas adequadas para evitar a propagação da doença.

A difteria é transmitida entre as pessoas, por via respiratória, e entre os seus sintomas incluem febre, uma forte dor de garganta, e uma grave obstrução da via aérea superior que causa dificuldades para respirar

Category: Sem categoria