Correr pela praia pode causar lesões

Se você correr pela praia, é melhor que o faça por areia molhada e levando um calçado adequado.

Executar, habitualmente, à beira do mar pode causar sobrecargas em pés e pernas, e até mesmo chegar a produzir lesões, porque se trata de um terreno irregular que apresenta desníveis que fazem com que seja necessário carregar uma perna maior que a outra, tanto no andar como ao praticar atletismo, tal como alertaram os especialistas do Colégio Oficial de Podólogos da Comunidade Valenciana (ICOPCV).

Aconselham fazer trajetos de ida e volta pela mesma área para que ambas as pernas trabalham igual, e ter cuidado com os desníveis na margem que obrigam a forçar a passo e podem causar uma lesão

Estes especialistas explicaram que, apesar de caminhar ou correr com moderação pela praia melhora a circulação sanguínea (prevenindo o aparecimento de varizes ou inchaço dos tornozelos), tonifica os músculos e ajuda a relaxar e controlar o estresse e, portanto, pode ser muito benéfico, é conveniente realizar trajetos de ida e volta pela mesma área para que ambas as pernas trabalhem por igual, e ter cuidado com os desníveis, que costuma ter na margem porque obrigam a forçar a passo e podem causar uma lesão.

Também apontam que correr pela areia seca, aumenta o risco de sofrer uma torção, e está muito desencorajado no caso de ter problemas nas articulações ou fraqueza nos tendões. Por isso, recomendam correr pela areia molhada e com um calçado adequado, que neste caso seria uma sapatilha com uma sola mais fina do que a que é usada para correr em superfícies duras, como o asfalto, como explicou Alfredo Martínez, presidente do ICOPCV.

No que diz respeito às lesões mais frequentes que ocorrem ao correr pela praia e outros terrenos irregulares, são dor no arco do pé ou o calcanhar, e entorses de tornozelo. Além disso, implica um maior esforço de fazer esporte, em superfícies lisas, por isso há que dosar o exercício para evitar sobrecargas musculares.

Category: Sem categoria