Os antibióticos na infância alteram a flora intestinal

Os antibióticos estão entre os medicamentos mais prescritos para as crianças.

Um consumo excessivo de antibióticos durante a infância, pode ter como consequência uma alteração da flora intestinal que provoque o desequilíbrio da mesma –o que se conhece como disbiosis–, e aumentar o risco de doenças durante a fase adulta, segundo revela uma pesquisa realizada pela Universidade de Minnesota,, nos Estados Unidos.

Diversos estudos têm mostrado uma associação entre o desequilíbrio da flora intestinal e o desenvolvimento de alergias e outros distúrbios imunológicos

Os cientistas que realizaram a pesquisa nova, que foi publicado em Cell Host & Microbe, tinham como objetivo verificar como funcionam os antibióticos sobre o microbioma dos crianças, uma vez que estes medicamentos estão entre os medicamentos que mais prescrevem os médicos para os pequenos.

Dan Knights, um dos autores do estudo, explicou que ocorreu um aumento significativo de doenças relacionadas com o metabolismo e o sistema imunológico, sem que se conheçam as causas deste fenômeno. O especialista acrescentou que vários estudos têm mostrado, também, que existe uma associação entre o uso de antibióticos e o desequilíbrio da flora intestinal, e entre esse desequilíbrio e doenças infecciosas, alergias e outras doenças do tipo imunológico em adultos.

Estes pesquisadores observaram que, por exemplo, no caso das alergias, o consumo de antibióticos pode eliminar a flora, cuja função é a chave para o crescimento das células do sistema imunológico. As alterações na flora microbiana, também influenciaram, de acordo com os autores do trabalho, sobre os níveis de ácidos que afetam o metabolismo, o que também estaria relacionado com o risco de desenvolver obesidade na idade adulta.

Category: Sem categoria